• Floripa (48) 97400 1200
  • Itajaí (47) 99284 0967

Blog

IAvatar Gabriel Walter Fuchsberger

por

Olá! Eu sou o Gabriel, um dos redatores aqui do Blog da Escola Técnica Geração. Espero que você curta esse conteúdo. Boa leitura. Aproveito para deixar um convite para você baixar alguns materiais gratuitos. ;)

O que faz o Técnico em Design de Interiores?

O Técnico em Design de Interiores é um profissional cujos serviços têm sido cada vez mais requisitados. Num mundo em que diversas profissões são exercidas em escritórios ou até mesmo no modelo home office, seguir carreira como técnico em design de interiores tornou-se uma opção muito atrativa. 

Muito mais do que simplesmente decorar ou fazer arranjo de móveis e objetos dentro de ambientes para deixá-los mais bonitos, o que um Técnico em Design de Interiores faz é empregar conhecimentos inovadores sobre tendências de arquitetura, produtos e fornecedores, com o objetivo de atender às demandas particulares de cada cliente e adequar-se aos limites do seu orçamento.

O Técnico em Design de Interiores é um profissional que tem diante de si uma multiplicidade de oportunidades de trabalho. Pode ser contratado para fazer projetos de residências, comércios, indústrias, hotéis, bares, restaurantes, casas noturnas, embarcações (cruzeiros)… Ou seja, é possível trabalhar tanto para clientes que desejam soluções para suas casas ou escritórios, quanto para empresários e entes públicos.

Afinal, o trabalho de um Designer de Interiores não se resume a adornar casas e apartamentos. Trata-se, sobretudo, de um profissional que deve encontrar soluções criativas para as suas demandas, financeiramente viáveis e que sejam capazes de dar conta de conciliar estética, conforto e funcionalidade em áreas internas e externas. Quer saber mais detalhes sobre o que faz o Técnico em Design de Interiores? Basta continuar a leitura! 🤓

Mas afinal, o que faz o Técnico em Design de Interiores?

O trabalho do Técnico em Design de Interiores pode ser dividido em duas etapas fundamentais. A primeira, do planejamento, envolve conhecer as reais necessidades e preferências do cliente, formular o projeto com ideias e soluções adequadas e orçar os gastos para a sua realização, fazendo um levantamento junto às empresas, mão de obra, lojas de mobiliário, obras de arte e materiais de construção, por exemplo.

A segunda parte diz respeito à realização do projeto. É quando o designer inicia efetivamente a execução dos trabalhos, acompanha a implementação do cronograma, visita obras em andamento, entra em contato com fornecedores e resolve eventuais problemas de ordem material, funcional e artística que podem surgir durante o processo.

O Técnico em Design de Interiores trabalha com alta tecnologia de softwares e pode fazer a renderização do seu projeto, apresentando ao cliente uma fotografia em 3D de como ficará o projeto quando estiver pronto. O uso de ferramentas computacionais será constante no dia a dia deste profissional. Por isso, é importante adquirir familiaridade com a tecnologia e estar ligado nas atualizações que pintam por aí! 👨‍💻

Como é o Mercado de Trabalho?

O Designer de Interiores que possui formação Técnica na área está apto a ingressar num amplo mercado de trabalho: poderá abrir seu próprio negócio, prestar consultoria, dar aulas ou trabalhar para terceiros. Entre os seus principais afazeres no mercado, estão o desenho de móveis, decoração e paisagismo, gerenciamento e projeto. Os empregadores ou contratantes de Designer de Interiores que mais recrutam profissionais em início de carreira são:

  • Escritórios de arquitetura e design;
  • Empresas de projetos de interiores;
  • Lojas de mobiliário e decoração;
  • Construtoras e imobiliárias;
  • Estabelecimentos comerciais em geral.

É importante saber que o mercado de trabalho para o Técnico em Design de Interiores segue as mesmas tendências do mercado da construção civil e do mercado da arquitetura. Isso porque eles se complementam. Assim, se esses mercados vão bem, a situação para o lado de cá também é favorável. O inverso, entretanto, também é válido: se os mercados da construção civil e da arquitetura vão mal, a tendência é que a situação do mercado para Técnico em Design de Interiores também seja desfavorável.

No momento, o cenário atual, felizmente, é animador: o setor de construção civil projeta um crescimento de 3% em 2020, com a taxa de juros SELIC em mínimas históricas (utilizada como base para cálculo dos juros do financiamento imobiliário). Assim, o Técnico em Design de Interiores será requisitado por quem compra uma casa nova e deseja decorá-la.

Quanto às questões legais envolvendo a profissão, em 12 dezembro de 2016, foi reconhecida por Lei a profissão de Designer de Interiores (Lei 13.369/2016). De acordo com o seu Art. 2º, “Designer de interiores e ambientes é o profissional que planeja e projeta espaços internos, visando ao conforto, à estética, à saúde e à segurança dos usuários, respeitadas as atribuições privativas de outras profissões regulamentadas em lei.” A lei ainda estabelece as competências do Designer de Interiores e você pode conferi-la na íntegra clicando no link acima. Dessa maneira, este profissional conquista mais segurança no exercício da profissão. 📜

Qual é o perfil do Técnico em Design de Interiores?

O perfil do Técnico em Design de Interiores é variado, mas existem algumas características que devem ser compartilhadas entre aqueles que desejam trilhar esse caminho.

Ser criativo, ter bom gosto e dominar os softwares da área são habilidades que compõem o perfil do Técnico em Design de Interiores. Como a área passa por mudanças constantemente, é importante que o profissional busque meios de estar atualizado e sempre a par do que é tendência no universo do design.

Na hora de apresentar o seu projeto, por melhor que ele seja, ele por si só não será o suficiente: você precisa saber como fazer a apresentação. Por isso, o Técnico em Design de Interiores deve cultivar boas habilidades de comunicação interpessoal. Saber dialogar com o cliente é essencial, respeitando os seus posicionamentos e expondo as suas sugestões da melhor forma possível.

Além disso tudo, o trabalho do Técnico em Design de Interiores também envolve cálculos em suas projeções. Assim, raciocínio analítico é desejável. 🧠

Quanto ganha um Técnico em Design de Interiores? 

De acordo com o portal Salario.com.br, consultado em novembro de 2020, os ganhos de um Designer de Interiores, trabalhando na cidade de São Paulo, variam entre entre R$ 3.019,47 e o teto salarial de R$ 8.140,74. Dessa forma, a média salarial fica em R$ 3.308,33. A jornada de trabalho levada em consideração é de 40 horas. Nada mal, não é mesmo? 🤑

O que é necessário para se tornar um Técnico em Design de Interiores

Para se tornar um Técnico em Design de Interiores, o interessado deve se matricular numa instituição de ensino que ofereça o curso e seja credenciada pelo MEC. O curso tem duração média de 24 meses. Neste período, o aluno estudará história da arte e do design, técnicas de representação bidimensionais e tridimensionais, desenhos e estudos volumétricos e composição visual. Serão desenvolvidas, também, noções de paisagismo e luminotécnica.

Ainda que seja positivo para o aluno saber desenhar antes de ingressar no curso, a resposta para a pergunta “O fato de não saber desenhar atrapalha o aprendizado?” é não. Até o final do curso, o futuro profissional terá condições de dominar confortavelmente todas as habilidades necessárias para a sua atuação no mercado de trabalho.

Assim, para se tornar um Técnico em Design de Interiores, o importante é estudar muito e desenvolver ao máximo as suas competências e as suas habilidades ao longo do curso para construir um bom portfólio. Estágios são uma ótima opção para se lançar no mercado de trabalho. Além disso, invista no seu marketing pessoal e divulgue os seus serviços como freelancer! 🗣️

Como escolher um curso?

Agora que você já sabe mais sobre a atuação de um Técnico em Design de Interiores, saiba que é de suma importância escolher bem a instituição de ensino em que você fará o curso. Para isso, pesquise sobre a sua reputação e busque informações no próprio site dela. 

Será que o curso é capaz de oferecer tudo aquilo que o mercado exige deste profissional? Você pode verificar o que aprenderá durante a formação conferindo a grade curricular do Curso Técnico em Design de Interiores do local onde escolheu estudar. Nós, da Escola Técnica Geração, separamos todas essas informações para você e gostaríamos de fazer um convite: entre em contato conosco para saber mais sobre o Curso Técnico em Design de Interiores e aproveite as nossas condições facilitadas para ingressar em uma das escolas técnicas que mais empregam no Brasil! 💼

E aí, gostou do nosso post sobre o que faz o Técnico em Design de Interiores? Comente abaixo e compartilhe com os amigos! 😉

💚 Sobre o Curso Técnico em Design de Interiores

O Ensino Técnico, de modo geral, oferece cursos de rápida duração, com mensalidades acessíveis e conteúdo prático voltado às necessidade do mercado de trabalho.

O Curso Técnico em Design de Interiores capacita profissionais para elaborar e executar projetos de interiores de espaços residenciais e comerciais, vitrines e exposições, podendo atuar em escritórios de arquitetura e design, lojas de móveis e decoração, construtoras e imobiliárias, além de shoppings e lojas.

Os profissionais formados na Escola Técnica Geração têm maior aceitação no mercado de trabalho, fruto do prestígio alcançado pela instituição em seus 20 anos de atuação em Santa Catarina. Além disso, seus alunos ainda contam com sistema de encaminhamento profissional, através da Central de Estágio e dos convênios com empresas parceiras.

Mais detalhes do Curso

Parabéns
Em breve você receberá com exclusividade nossas publicações e materiais de estudos.
Ocorreu um erro ao enviar o formulário
Preencha o captcha corretamente
Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.

Contato

Conheça nossas Unidades

Florianópolis
Rua Felipe Schmidt, 291, Centro.
(48) 3223.1800
(48) 97400.1200
Itajaí
Rua Felipe Schmidt, 480, Centro.
(47) 3346.3300
(47) 99284.0967