• Floripa (48) 3223.1800
  • Itajaí (47) 3346.3300

Blog

IAvatar Gabriel Walter Fuchsberger

por

Olá! Eu sou o Gabriel, um dos redatores aqui do Blog da Escola Técnica Geração. Espero que você curta esse conteúdo. Boa leitura. Aproveito para deixar um convite para você baixar alguns materiais gratuitos. ;)

Mercado de trabalho para Técnico em Design de Interiores

Existe uma preocupação cada vez maior em relação à estética e à funcionalidade de espaços tanto residenciais quanto comerciais e escritórios. Isso porque a forma como o ambiente em que convivemos ou habitamos se organiza pode impactar-nos diretamente e trazer a sensação de conforto, aconchego, criatividade, produtividade, consumismo etc, bem como provocar o contrário disso e despertar uma sensação de desconforto.

Além disso, um ambiente precisa ter toda a sua potencialidade maximizada para cumprir os fins a que se destina: um quarto será diferente de uma sala de estar, que será diferente de um escritório, que será diferente de uma loja de shopping e assim por diante.

Mas sabe o que todos esses espaços têm em comum? O fato de que um Designer de Interiores saberá aproveitá-los da melhor maneira e transformá-los no melhor lugar para se estar.

Trata-se do profissional responsável pelo planejamento e pela organização dos espaços, levando em consideração as relações estéticas e funcionais. 

Quer conhecer mais informações sobre essa profissão e saber como é o seu mercado de trabalho? Continue a leitura! 🤓

O que é e o que faz um Técnico em Design de Interiores?

O Técnico em Design de Interiores é o profissional que fez um Curso Técnico em Design de Interiores, com duração aproximada de 24 meses e obteve um diploma emitido por uma escola técnica credenciada ao Ministério da Educação (MEC).

Ao contrário de profissões como engenheiro ou arquiteto, não é necessário fazer curso superior para tornar-se um Designer de Interiores.

👉 Confira: Ensino Técnico ou Superior: qual a melhor opção?

O Técnico em Design de Interiores tem como principal responsabilidade a criação de soluções por meio de atributos estéticos e funcionais para ambientes internos.

Isso significa que quem contrata esse tipo de profissional espera soluções que sejam esteticamente agradáveis – ou seja, bonitas – sem perder de vista a funcionalidade – ou seja, espera-se que o espaço seja propício para o desenvolvimento das atividades propostas de uma maneira otimizada. 

Muito mais do que simplesmente decorar ou fazer arranjo de móveis e objetos dentro de ambientes para deixá-los mais bonitos, o que um Técnico em Design de Interiores faz é empregar conhecimentos inovadores sobre tendências de arquitetura, produtos e fornecedores, com o objetivo de atender às demandas particulares de cada cliente e adequar-se aos limites do seu orçamento. 👷

Conheça as principais atividades de um Técnico em Design de Interiores

O Técnico em Design de Interiores lida com arte, tecidos, mobiliário, revestimento, distribuição de peças, estética de interiores, aproveitamento do espaço e da luz, entre outros aspectos que envolvem criatividade e solução de problemas de espaço.

Entre as principais atividades que podem ser desempenhadas por um Técnico em Design de Interiores, encontram-se a produção de editoriais sobre determinado assunto, o trabalho em escritórios de arquitetura, a produção de maquetes eletrônicas, a elaboração de projetos para estabelecimentos comerciais ou residências etc.

Para a realização de projetos, é comum utilizar softwares específicos. Portanto, adquirir familiaridade com as máquinas e estar por dentro das atualizações é essencial!

Conforme o profissional adquire habilidade em certo nicho do mercado, é possível especializar-se em áreas de design de ambientes específicos como, por exemplo, embarcações! Legal, né? 🛥️

Qual o mercado de trabalho para Técnico em Design de Interiores?

O mercado de trabalho para Técnico em Design de Interiores está repleto de oportunidades para aqueles que desejam atuar na área.

Os empregadores ou contratantes de Designer de Interiores que mais recrutam profissionais em início de carreira são:

  • Escritórios de arquitetura e design;
  • Empresas de projetos de interiores;
  • Lojas de mobiliário e decoração;
  • Construtoras e imobiliárias;
  • Hotéis, resorts e SPAS;
  • Estabelecimentos comerciais em geral.

Vamos conhecer um pouquinho melhor 3 dos nichos em que este profissional mais encontra vagas de emprego? 

Design de Interiores Residenciais

Há uma série de profissionais envolvidos na construção de uma casa ou um prédio. Os arquitetos, engenheiros e pedreiros trabalham duro para levantar as estruturas. Mas e depois que tudo foi erguido? A expectativa de muitas pessoas que estão de mudança para um novo lar ou querem repaginar o lugar onde moram é sempre alta quanto à decoração do novo espaço. Por isso, o Técnico em Design de Interiores encontra muitas oportunidades ao prestar seus serviços modificando casas inteiras ou apenas alguns cômodos. 🛋️

Design de Interiores Corporativos

A decoração dos ambientes corporativos também se apresenta como um setor promissor no mercado de trabalho para Técnico em Design de Interiores. Empresas de diversos portes e segmentos estão percebendo que a maneira como transmitem a sua imagem é de suma importância para representar o seu posicionamento no mercado. Além disso, o design dos espaços em que seus empregados trabalham merece atenção especial, haja vista a relação que se pode estabelecer entre o ambiente de trabalho e a produtividade dos seus funcionários. Escritórios de advocacia, empresas de tecnologia e sedes administrativas costumam contratar esse profissional com frequência. 🏬

Design de Interiores para Empreendimentos Comerciais

Você já entrou em uma loja e ficou maravilhado com o seu espaço, passando mais tempo lá dentro só por causa daquele ambiente? Saiba que muitos empreendimentos comerciais apostam no Design de Interiores para aumentar e fidelizar o seu público. Além de investir na qualidade dos produtos, muitas lojas e restaurantes contam com a ajuda do Designer de Interiores para atrair clientela e sair bem na foto. 🛍️

Como você pôde perceber, o mercado de trabalho para Técnico em Design de Interiores está fortemente atrelado ao da construção civil. Segundo o portal Terra, as notícias são ótimas: o setor de construção civil está em alta e promete continuar!

Ah! Vale ressaltar que todos os lugares acima têm dedicado atenção especial à sustentabilidade. Por isso, vale a pena pensar em oferecer soluções que levem em consideração a interação do espaço com o meio ambiente e a preservação dos recursos naturais. 🍃

Média salarial do Técnico em Design de Interiores

Evidentemente, o salário de um profissional não depende apenas da profissão exercida, mas também da sua experiência, tempo de empresa, função, carga horária, entre outros fatores. No entanto, vamos conferir a média salarial do Técnico em Design de Interiores? De acordo com o portal Salario.com.br, consultado em dezembro de 2020, os ganhos de um Designer de Interiores, trabalhando na cidade de São Paulo, variam entre R$ 3.019,47 e o teto salarial de R$ 8.140,74. A média salarial fica em R$ 3.308,33. Nada mal, certo? 🤑

Qual é o perfil de profissional mais valorizado?

O mercado de trabalho para Técnico em Design de Interiores valoriza não só o profissional que demonstre interesse pela área, como também outras características às quais você deve prestar atenção. 🔎

Organização: o Designer de Interiores lidará com muitas informações durante o seu dia a dia. Por isso, é essencial que saiba se organizar e demonstrar essa capacidade aos seus superiores. 

Criatividade: propor a composição dos ambientes é uma das tarefas mais exigidas do Técnico em Design de Interiores. Dessa forma, o mercado procura os profissionais que saibam unir a sua imaginação às exigências dos projetos apresentados.

Trabalho em equipe: o Técnico em Design de Interiores não costuma trabalhar sozinho. Por isso, estabelecer uma comunicação eficaz e respeitosa entre seus pares e outros profissionais é outra habilidade essencial. Por vezes, será necessário assumir o controle de um projeto e liderar uma equipe, garantindo que tudo saia conforme o planejado.

Escuta ativa: por mais que o Técnico em Design de Interiores tenha as suas próprias ideias, precisa ter em mente que deve adequá-las às solicitações dos clientes. Ouvi-los atentamente, portanto, é um pré-requisito para pôr a mão na massa. 

Atualização constante: todas as áreas exigem atualização constante por parte dos profissionais. Tratando-se do Design de Interiores, que lida com o que é tendência e executa seu trabalho com o auxílio da tecnologia, é de suma importância estar constantemente atualizado.

Sobre o Curso Técnico de Design de Interiores

O curso tem duração média de 24 meses. Nesse período, o aluno estudará história da arte e do design, técnicas de representação bidimensionais e tridimensionais, desenhos e estudos volumétricos e composição visual. Serão desenvolvidas, também, noções de paisagismo e luminotécnica. 📚

Possibilidade de abrir o próprio negócio

Você já sonhou em abrir o próprio negócio e virar seu próprio chefe? Então, o Curso Técnico em Design de Interiores lança-se como excelente oportunidade para alcançar esse objetivo.

Os profissionais que trabalham por conta própria enfrentam grandes desafios no início, mas percebem aumentar o seu faturamento consideravelmente conforme conquistam o seu público.

Entre os tipos de empresas criadas no setor, figuram a consultoria de decoração, a prestação de serviços em fábricas de móveis e a criação de projetos de design. 

Para tornar o processo de abertura do seu negócio em Design de Interiores mais fácil, confira as dicas a seguir.

1. Participe de ações do Sebrae: o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) oferece vários cursos e consultorias para empreendedores iniciantes. Não perca!

2. Analise opções de financiamentos: depois de estruturar seu negócio, caso não tenha dinheiro suficiente para montá-lo, você precisará de um financiamento. Analise bem as opções e confira a que mais se encaixa nas suas possibilidades!

3. Faça uma boa gestão financeira: encontrou o melhor financiamento e conseguiu abrir o negócio? Não descuide! É essencial continuar planejando as contas para não ter problemas no futuro. Lembre-se de contabilizar todos os custos da empresa, ficar com as contas em dia e nunca misturar a sua conta empresarial com a pessoal. 

4. Estabeleça parcerias: conforme dito anteriormente, um Designer de Interiores costuma trabalhar em equipe. Dessa maneira, procure estabelecer parcerias com outros profissionais da área, como engenheiros, arquitetos e outros Designers de Interiores. Ao fazer isso, você aumenta o seu alcance, o que é ótimo para qualquer empreendedor que está começando um negócio! 

E aí, gostou do nosso post sobre o mercado de trabalho para o Técnico em Design de Interiores? Comente abaixo e compartilhe nas redes sociais! 🧐

💚 Sobre o Curso Técnico em Design de Interiores

O Ensino Técnico, de modo geral, oferece cursos de rápida duração, com mensalidades acessíveis e conteúdo prático voltado às necessidade do mercado de trabalho.

O Curso Técnico em Design de Interiores capacita profissionais para elaborar e executar projetos de interiores de espaços residenciais e comerciais, vitrines e exposições, podendo atuar em escritórios de arquitetura e design, lojas de móveis e decoração, construtoras e imobiliárias, além de shoppings e lojas.

Os profissionais formados na Escola Técnica Geração têm maior aceitação no mercado de trabalho, fruto do prestígio alcançado pela instituição em seus 20 anos de atuação em Santa Catarina. Além disso, seus alunos ainda contam com sistema de encaminhamento profissional, através da Central de Estágio e dos convênios com empresas parceiras.

Mais detalhes do Curso

Parabéns
Em breve você receberá com exclusividade nossas publicações e materiais de estudos.
Ocorreu um erro ao enviar o formulário
Preencha o captcha corretamente
Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.

Contato

Conheça nossas Unidades

Florianópolis
Rua Álvaro de Carvalho, 145, Centro.
(48) 3223.1800
(48) 97400-1200
Itajaí
Rua Felipe Schmidt, 480, Centro.
(47) 3346.3300
(48) 97400-1200