• Floripa (48) 97400 1200
  • Itajaí (47) 99284 0967

Blog

IAvatar Fernando Barcellos

por

Olá! Eu sou o Fernando, Analista de Marketing Digital da Escola Técnica Geração. Espero que você curta esse conteúdo. Boa leitura. Aproveito para deixar um convite para você baixar alguns materiais gratuitos. ;)

Quanto Ganha um Técnico em Segurança do Trabalho?

Você já se perguntou quanto ganha um Técnico em Segurança do Trabalho? Esta é uma profissão que teve um crescimento exponencial nos últimos anos, e que só tem a crescer ao longo do tempo.

Isso porque existem muitas empresas que apresentam algum grau de risco conforme estabelecido pela NR-4. Ademais, o grau de periculosidade de uma empresa, bem como a quantidade de funcionários, também são fatores que determinam a obrigatoriedade dos Técnicos em Segurança do Trabalho nos quadros de uma empresa. 

A principal atribuição desse profissional é garantir segurança e medicina do trabalho por meio do cumprimento de normas e legislações vigentes. Dessa forma, o Técnico em Segurança do Trabalho precisa realizar vistorias nas respectivas áreas da empresa, visando a manutenção da segurança e promovendo melhores condições para a execução da atividade laboral. 👷‍♀️

Fora isso, ele também é responsável pela implementação da SIPAT, bem como da CIPA, dentro das empresas em que atuam. Sendo assim, este profissional deve atuar de forma preventiva, evitando que ocorram acidentes e fiscalizando se os equipamentos de segurança do trabalho (EPIs) estão sendo utilizados corretamente por todos os colaboradores da empresa que os necessitem.

Quanto ganha um técnico em segurança do trabalho?

Saber quanto ganha um Técnico em Segurança do Trabalho é o que motiva os profissionais a buscarem qualificação para trabalhar nessa área. E justamente pela remuneração acima da média de mercado que essa área tornou-se bastante promissora.

A média salarial de um técnico em segurança do trabalho em início de carreira é de R$2.653,64 para uma carga horária de 44 horas semanais. Isso corresponde a uma remuneração de R$12,06 por hora de trabalho. 🤑

Contudo, jornadas de trabalho menores chegam a remunerar ainda mais o profissional, como é o caso do profissional que trabalha cerca de 36 horas semanais. Nesse caso, o valor da hora pode chegar a R$18,65.

O crescimento profissional dentro da área

Para falar um pouco mais sobre quanto ganha um Técnico em Segurança do Trabalho é preciso entender que existem níveis profissionais que variam conforme sua qualificação e anos de atuação na profissão.

No mercado de trabalho, esse crescimento horizontal é comumente estabelecido por níveis de qualificação/experiência. O Nível I corresponde aos profissionais iniciantes na carreira, que possuem experiência de até 4 anos no mercado. Passando disso, os profissionais recebem Nível II, que exige experiência média de 4 a 6 anos. O Nível III diz respeito aos profissionais que possuem experiência na área há mais de 6 anos, em média. 🕐

Conforme mencionado anteriormente, um Técnico em Segurança de Trabalho iniciante (nível I) tem uma média salarial de R$2.638,03. A depender de suas qualificações e do tempo de serviço na área (nível II – 4 a 6 anos), sua média salarial passa para R$3.256,02; e, caso persista na profissão e adquira ainda mais experiência (nível III – 6 anos ou mais), a média salarial de é de R$4.096,20.

Esses dados foram levantados por meio da pesquisa do site salario.com.br junto aos dados oficiais da CAGED de profissionais contratados nesse segmento.

O porte da empresa e a remuneração do profissional

No Brasil, existem diversos portes de empresas que empregam o profissional de Segurança do Trabalho. Normalmente, há uma média salarial para cada porte de empresa. Mas, antes de falarmos sobre essa média, vamos listar quais são os portes de empresa no país 🏢:

  • MEI — 1 funcionário;
  • ME — Até 19 funcionários;
  • EPP — 20 a 99 funcionários;
  • Empresa de médio porte — 100 a 499 funcionários;
  • Empresa de grande porte — Acima de 500 funcionários.

As microempresas, conhecidas como ME, costumam pagar, para um profissional nível I, R$2.394,94. Para um profissional nível II, R$2.637,14 e, para um profissional nível III, R$ 3.047,33.

Já as empresas de pequeno porte (EPP) pagam R$2.515,35 para os profissionais nível I, R$3.255,39 para os profissionais nível II e R$3.894,48 para os profissionais que atingiram o nível III dentro da profissão.

As empresas de médio porte costumam pagar R$2.771,89 para os profissionais de nível I, R$3.295,68 para os profissionais de nível II e R$4.046,26 para os profissionais que atingiram o nível III.

As grandes empresas são as que mais pagam, sendo que um profissional de nível I ganha R$2.877,18, um profissional de nível II R$3.541,34, e um profissional de nível III R$4.511,52 dentro das grandes corporações.

No entanto, é preciso salientar que esse é o salário médio da profissão, visto que o piso salarial do Técnico em Segurança do Trabalho é de R$2.465,81 para uma jornada de 44 horas semanais. 

Setores que melhor remuneram e perfil do profissional

Embora essa seja uma média salarial, há setores que pagam melhor para o profissional de Segurança do Trabalho. Um deles é o setor petrolífero.

A Petrobrás chega a pagar até 13 mil reais para um profissional de Segurança do Trabalho. No entanto, é um setor bastante exigente, visto apresentar um grau de periculosidade muito maior do que os demais.

Para quem tem um perfil bastante detalhista, que gosta de desafios diários e de ajudar na prevenção de acidentes e de salvar vidas, essa é uma excelente oportunidade de trabalho. E esse mercado não para de crescer! 📈

Para ter uma ideia do futuro da profissão, basta olhar para o seu passado. Quando as indústrias começaram a operar, os acidentes de trabalhos eram muitos e constantes. Com o tempo, foi surgindo a necessidade cada vez maior de profissionais para atuarem nessa área. 

A preocupação com a qualidade de vida dos colaboradores é cada vez maior dentro das empresas, por isso, independentemente do porte, praticamente todos os segmentos já estão procurando contratar um profissional de Segurança do Trabalho.

Afinal, um funcionário acidentado também gera custos altos para a empresa. Essa é uma das principais razões pelas quais essa profissão só deverá crescer nos próximos anos. 

Gostou de saber quanto ganha um Técnico em Segurança do Trabalho? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.

Curso Técnico em Segurança do TrabalhoCurso Técnico em Segurança do Trabalho

👷‍♂️ Sobre o Curso Técnico em Segurança do Trabalho

O Ensino Técnico, de modo geral, oferece cursos de rápida duração, com mensalidades acessíveis e conteúdo prático voltado às necessidade do mercado de trabalho.

O Curso Técnico de Segurança do Trabalho capacita profissionais para elaborar e implementar políticas de saúde e segurança em empresas dos mais variados segmentos de atuação. Os profissionais formados nessa área podem atuar em diversas instituições públicas ou privadas, porém as melhores oportunidades estão na construção civil, em mineradoras, na agroindústria, em centros de distribuição e em todo o setor industrial e hospitalar.

Os profissionais formados na Escola Técnica Geração têm maior aceitação no mercado de trabalho, fruto do prestígio alcançado pela instituição em seus 20 anos de atuação em Santa Catarina. Além disso, seus alunos ainda contam com sistema de encaminhamento profissional, através da Central de Estágio e dos convênios com empresas parceiras.

Mais detalhes do Curso

Parabéns
Em breve você receberá com exclusividade nossas publicações e materiais de estudos.
Ocorreu um erro ao enviar o formulário
Preencha o captcha corretamente
Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.

Contato

Conheça nossas Unidades

Florianópolis
Rua Felipe Schmidt, 291, Centro.
(48) 3223.1800
(48) 97400.1200
Itajaí
Rua Felipe Schmidt, 480, Centro.
(47) 3346.3300
(47) 99284.0967